Archive of ‘Contos’ category

Os desejos ridículos, de Charles Perrault

The Ridiculous Wishes ou The Three Ridiculous Wishes é mais um conto de fadas escrito pelo francês Charles Perrault. Foi publicado em 1697 no livro intitulado Histoires ou contes du temps passé, traduzido literalmente para Histórias ou contos do passado. Como sempre, eu, muito querida, traduzi o conto do original que encontrei por aí (a fonte tá lá embaixo). Aproveitem […] Read more…

A Ninfa d’água, dos Irmãos Grimm

Nixies são espíritos d’água que aparecem tanto na mitologia germânica, quanto na norueguesa e na escandinava. Em alguns contos desses folclores, elas possuem o poder de mudar de forma, porém geralmente mantêm a forma humana. Maaas isso pode variar, geograficamente falando, assim como seus nomes. Por exemplo, nas mitologias germânica e escandinava, Nix é o ser […] Read more…

Biancabella e a Cobra, de Giovanni Straparola: Parte II

Continuando de onde paramos no conto Biancabella and the Snake… Vocês já leram a primeira parte, né? “A fama da beleza sobrenatural de Biancabella já se havia espalhado por todo o Universo, e muitos reis, príncipes e marqueses acorriam de todas as partes para conquistar-lhe o amor e obter-lhe a mão. Nenhum deles, contudo, mostrava […] Read more…

Biancabella e a Cobra, de Giovanni Straparola: Parte I

Biancabella and the Snake é um conto da literatura italiana, de Giovanni Francesco Straparola, escrito na obra The Facetious Nights of Straparola. Existem muitas variações (muitas mesmo) desse conto, e dentre elas está uma bem conhecida, a The Girl Without Hands, conto dos Grimm. A história também me lembra um pouco As Fadas, do Perrault, que eu e […] Read more…

The Swan Maiden, de Herman Hofberg

Johan Herman Hofberg (11 de junho de 1823 – 28 de abril de 1883) foi um escritor e antiquário sueco. Lançou, em 1882, o livro Swedish Fairy Tales, no qual se encontram inúmeros contos do folclore sueco. Inclusive esse conto maravilhoso sobre swan maidens (já falamos delas aqui). Leiam e amem! Read more…

Prado Verde, de Giambattista Basile

Hoje, mais um conto do Giambattista Basile (lembram da sua Bela Adormecida?). Bom, o conto Prado Verde é, de certa forma, um pouco parecido com a história que conhecemos sobre a Cinderella: princesa apaixonada por príncipe, mas que tem irmãs invejosas, porém com um enredo completamente diferente. Deem uma conferida, não vão se arrepender. Read more…

A Princesa Sapo, de Italo Calvino

The Frog Princess (também conhecido como The Prince Who Married a Frog ou Tsarevna Frog) é um conto de origem russa, porém com inúmeras versões em diversos países. Não se sabe ao certo quem é o seu autor, porém o conto foi contado e recontado por muita gente. Alexander Afanasyev (já postamos um conto dele aqui), por […] Read more…

As Fadas, de Charles Perrault (tradução de Monteiro Lobato)

Tenho um livro em casa que se chama Contos de Fadas e nele há uma seleção de alguns contos do Charles Perrault traduzidos pelo Monteiro Lobato. Comprei na Estante Virtual, se não me engano, há muito, muito tempo. Ele tem umas ilustrações bem bonitas e os seguintes contos: A Capinha Vermelha, As Fadas, Barba Azul, O Gato […] Read more…

A história de Giselle

Giselle é um dos meus repertórios favoritos. Gosto da história, da coreografia e especialmente da leveza e emoção que carrega o segundo ato do ballet. Resolvi transcrever para vocês a história que é contada no livro Contos do Balé, de Inês Bogéa. Espero que gostem tanto quanto eu! “Faz muito tempo que perdi o meu amor. […] Read more…

A Velha do Bosque, dos Grimm

The Old Woman in the Wood (conhecido aqui por “A Velha do Bosque” ou “A Árvore Encantada”), é mais um dos contos recolhidos pelos Irmãos Grimm. Essa versão que eu estou postando é a que foi traduzida para o inglês pela Margaret Taylor, no ano de 1884 (e para o português por mim, no ano de 2013, […] Read more…

1 2 3 4 5 8