O incrível Cirque du Soleil

Captura de Tela 2014-07-15 às 14.25.51

Como a fã que sou do Cirque du Soleil, resolvi mostrar para vocês um pouquinho desse universo brilhante e mágico, cheio de artistas magníficos e espetáculos maravilhosos e muito bem feitos, que fazem você se teletransportar para um mundo totalmente novo (sério).

Meu amor pelo Cirque du Soleil começou quando eu tive a oportunidade de ver ao vivo o espetáculo Quidam em uma turnê que eles fizeram pelo Brasil. Mas, antes disso, eles já nos visitaram com outros dois espetáculos: Saltimbanco e Alegria. Eu acho que nunca tinha visto um circo de perto antes e logo que entrei fiquei abismada com a grandiosidade de tudo. Claro que não devemos comparar o Cirque du Soleil com circos normais… Mesmo não tendo visto nenhum outro circo antes desse, tive a clara impressão no decorrer do espetáculo de que aquele circo em questão não se igualava de forma alguma a nenhum outro circo.

A história do Cirque du Soleil começa em 1980, em Quebec, no Canadá. Antes de tudo, bem no comecinho mesmo, o Cirque du Soleil era nada mais nada menos que composto por uma trupe de teatro, fazendo apresentações e agindo quase como que um circo de rua com suas danças, malabarismos, brincadeiras com fogo, etc. Guy Laliberté era um dos participantes desse circo de rua, que logo viria a tomar forma e fazer uma turnê para a comemoração do 450º aniversário da descoberta do Quebec com o nome que hoje conhecemos: Cirque du Soleil. Desde então, esse nome só fez crescer e expandir seus horizontes, e hoje conta com artistas de 40 nacionalidades diferentes em seu elenco!

Atualmente, o Cirque du Soleil tem aproximadamente 20 espetáculos que estão frequentemente se movimentando pelo mundo em turnês. Possuem, também, espetáculos em lugares fixos, como La Nouba, em Orlando, e outros espetáculos que se encontram em Las Vegas, NY, etc.

Além de Quidam, já vi outros dois espetáculos ao vivo: La Nouba e Varekai. Fora isso, já vi em DVD ou pela internet outros espetáculos, tais como: Corteo, Dralion, Alegria, Ká e algum outro que me foge a memória. Diante disso, posso afirmar que assistir a qualquer espetáculo do Cirque du Soleil é uma experiência única e muito enriquecedora. Ao entrar na tenda e sentar na platéia, somos automaticamente transportados para um mundo mágico, onde absolutamente tudo é possível, com cenários, músicas, artistas, figurinos e, principalmente, histórias incríveis. Mais uma vez digo e repito: está longe de ser um circo comum!

Vejam que lindos esses posters de alguns espetáculos do Cirque du Soleil!

E para quem estiver interessado, o trailer do meu espetáculo favorito!

Alícia

Comments are closed.