O Dinheiro das Estrelas, dos Irmãos Grimm

Tirei esse conto do livro Contos dos Irmãos Grimm, da Dra. Clarissa Pinkola. Li há muito tempo e sempre me encantou a sua moral, então resolvi repassar para quem ainda não teve a chance de ler. Espero que gostem!

Captura de Tela 2014-07-17 às 08.48.43“Era uma vez uma menininha órfã de pai e mãe, tão pobre que não tinha mais um quartinho para morar nem uma cama para dormir e, por fim, só lhe restaram as roupas com que estava vestida e um pedacinho de pão que segurava, que alguma alma caridosa lhe dera. Mas ela era boa e piedosa. E quando se viu assim abandonada por todo mundo, saiu para o campo, confiando no bom Deus. No caminho encontrou um homem pobre que lhe disse:

– Ah, me dê alguma coisa para comer, estou tão faminto! – Na mesma hora ela lhe entregou o pedaço de pão e disse:

– Que Deus abençoe o pão que vai comer. – E seguiu seu caminho.

Então veio um menino que gemia e disse:

– Minha cabeça está tão fria, por favor, me dê alguma coisa para cobri-la. – Então ela tirou o capuz e lhe entregou, mas alguns passos depois ela encontrou outra criança, que não tinha casaco e estava enregelada de frio. Então ela lhe deu seu próprio casaco, e mais adiante outra lhe pediu um vestido e ela também lhe deu.

Por fim a menina chegou à floresta onde já escurecera, e apareceu ainda outra criança que lhe pediu uma camisa, e a boa menina pensou com seus botões: “Está fazendo uma noite escura e ninguém está me vendo, então posso muito bem lhe entregar minha camisa”, e repentinamente caíram umas estrelas do céu, que eram nada mais que moedas duras e lisas, e embora ela tivesse acabado de dar sua camisa, estava usando uma nova do mais fino linho. Ela juntou o dinheiro na barra da camisa e ficou rica para toda a vida.”

Alícia

Comments are closed.