Náiades

Hylas and the Water Nymphs (Naiads), J. W. Waterhouse

As náiades são ninfas d’água doce que possuem diversos dons, dentre eles o da cura, o da profecia e o controle da água. Semelhantes às sereias, carregam em seus corpitchos belas vozes que hipnotizam as pessoas.

Como todas as ninfas, são dotadas de uma beleza extraordinária, com olhos claros e peles que vão de bronzeadas à azuladas. Na Ilíada, Homero dá a entender que as náiades são filhas de Zeus, embora outros as considerem filhas do Oceano. Como elas eram boazinhas, deixavam as pessoas beberem de suas águas, mas nunca se banharem. Quem o fizesse, elas puniam com amnésia, doenças ou a morte. Simples assim.

The Nymph Salmacis and Hermaphroditus, de François-Joseph NavezO exemplo mais pop de náiade da mitologia grega é a Salmacis – que, diferente das demais, rejeitou todo o comportamento definido por Ártemis (modos virginais e blá blá blá) e acabou por virar uma bitch de primeira, vivendo a favor da vaidade e do ócio. Além disso, outro diferencial da sua história é o fato dela ter tentado estuprar o pobre deus Hermafrodito (filho de Afrodite e Hermes), por quem se apaixonou. A definição de hermafrodita vem dessa lenda, pois, ao ser rejeitada por Hermafrodito, Selmacis pediu aos deuses que nunca mais os separassem, e então eles viraram uma só pessoa, literalmente. Em toda a mitologia, foi a única ninfa que praticou (ou tentou praticar) o ato do estupro, ao invés de sofrê-lo, como em muitas outras histórias.

Ela era a única náiade que não seguia o bando de Diana, e suas irmãs com frequência advertiam-lhe: “Capture um javali, ou agite uma aljava, e troque seu lazer pela caça!”. Mas ela não apanhou um javali, ou atirou setas, nem trocou o lazer pela caça. Ao invés disso, banhava seu belo corpo e penteava o cabelo, com sua água como espelho.” – Relato do poeta Ovídio sobre Selmacis, em Metamorfose.

As náiades se dividem em cinco tipos: as Crinéias, que habitam as fontes; as Limneidas, que vivem nos lagos; as Pegéias, que vivem nas nascentes; as Potâmides, que habitam os rios; e as Eleionomae, que podem ser encontradas nos pântanos.

E aí, curtiram as náiades ou ficaram com mais medo que o Hermafrodito?

Laís

0 comment on Náiades

  1. Nivea
    05/08/2014 at 13:05 (3 anos ago)

    A Iara ou Mãe d’Água (são comparadas com Oxum também), seria uma Náiade?

    • Laís Sperandei
      05/08/2014 at 15:48 (3 anos ago)

      Hm, eu acho que depende, Nivea. Até porque, ao meu entender, Náiades eram ninfas, e não sereias, e a lenda da Iara que eu conheço a identifica como uma sereia. Mas fica aí uma coisa que a gente pode pesquisar. :3

      • Nivea
        07/08/2014 at 16:19 (3 anos ago)

        Bom, Oxum não era sereia, é o Orixá das águas doces (Iemanjá é das águas salgadas). E ela é relacionada com a Mãe d’Água e algumas Nossa Senhoras dependendo da região. Não sei, eu procuro fazer essas analogias, porque eu gosto de enxergar diferentes representações de protetores, independente da religião.

1Pingbacks & Trackbacks on Náiades

  1. […] de Oceanos e de Tétis, as Néfalas são as ninfas das nuvens e das chuvas, sendo irmãs das Náiades. As Néfelas habitam o topo das montanhas onde, belíssimas, bailam com suas vestes esvoaçantes. […]