Uma Criança da Primavera, de Ellen Robena Field

Buttercup Gold and Other Stories, obra da escritora americana Ellen Robena Field, usa a Natureza como metamorfose para a vida, a morte, o crescimento e  as mudanças, com o objetivo de falar para as crianças sobre a vida de um jeito simples, mas, mesmo assim, mágico. Um dos textos desse livro, A Child of Spring (acredito eu que a tradução seja Uma Criança da Primavera), é um poema sobre a Primavera, que a levou a uma grande aclamação crítica, lá pelo final do século XIX. (A tradução fui eu que fiz -bem porcamente, devo dizer-, portanto existem algumas chances de o texto estar completamente errado e um tanto tosco.)

“Conheço uma pequena donzela,
Muito justa e doce,
Quando tropeça entre a grama
Que beija seus delicados pés;
Seus braços estão cheios de flores,
Gotas-de-neve, brancas e puras,
Tímidas violetas de olhos azuis,
E esplendorosos narcisos.

Ela ama sua querida Mãe Natureza,
E vaga sempre ao seu lado;
Ela acena para os pequenos pássaros
Que se reúnem ao longe.
Ela acorda os pequenos ribeiros,
E brisas suaves ouvem seu chamado;
Ela conta às crianças
Os mais doces contos de todos.

Sua fronte é às vezes obscurecida ,
E ela suspira com uma graça gentil,
Até que os raios de sol, amantes ousados,
Beijem as lágrimas de seu rosto.
Conhecemos bem essa moça delicada,
Abril é seu nome;
E a recebemos com alegria,
Quando a Primavera vem novamente.”

Sei que a Primavera está longe de nos dar o ar de sua graça, porém, com esse poema, eu fico esperando ansiosamente pela sua chegada (como sempre).

Laís

0 comment on Uma Criança da Primavera, de Ellen Robena Field

  1. liss
    10/02/2013 at 18:02 (5 anos ago)

    nada tosco…muito belo

    • Laís Sperandei
      10/02/2013 at 18:44 (5 anos ago)

      Ah, que bom que tu gostou, liss! Fico muito feliz. E muito obrigada pelo comentário. Abraços.

1Pingbacks & Trackbacks on Uma Criança da Primavera, de Ellen Robena Field

  1. […] Uma Criança da Primavera, de Ellen Robena Field. […]