O Mistério da Ilha (1994) e Ondine (2009)

Depois do post sobre selkies, tomei vergonha na cara e decidi assistir O Mistério da Ilha (The Secret of Roan Inish) e fazer um post decente e maior sobre esse filme, juntamente com Ondine, pois ambos têm muita coisa em comum e, ao mesmo tempo, são tão diferentes.

O MISTÉRIO DA ILHA

roan

Com direção de John Sayles, O Mistério da Ilha conta a história de uma garotinha chamada Fiona que, após a perda da mãe, vai morar com os avós paternos numa pequena aldeia de pescadores, na costa da Irlanda. Ao chegar lá, a pequena Fiona fica fascinada com as antigas e misteriosas lendas irlandesas. A sua família morava na ilha de Roan Inish e, quando tiveram que ir embora de lá, seu irmãozinho, Jimmy, caiu no mar e desapareceu; até Fiona ir morar com seus avós e reencontrar o pequeno sob os cuidados de seres bem peculiares. Simultaneamente, sabendo do perigo que sua família sofre de ter que ir morar longe do mar, Fiona não desiste de achar uma forma de fazer com que voltem para seu lugar de origem, a ilha de Roan Inish, e assim, mistérios de família, lendas antigas e busca sobre a verdade se unem ao redor da pequenina Fiona.

O filme é baseado num romance de Rosalle K. Fry. Ele tem uma certa magia contagiante, a começar pela trilha sonora, composta apenas de músicas tradicionais irlandesas, e sem falar nos cenários de tirar o fôlego. O filme é maravilhoso para quem gosta desse tipo de atmosfera.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=xV5zHWtEpyY]

 

ONDINE

ondineJá Ondine é um comovente conto de fadas moderno, com direção do irlandês Neil Jordan. Narra a história de Syracuse, um pescador chamado de Circus pelo povo da cidade, por representar papel de palhaço quando se embriagava muitas vezes pelos bares a fora.  Agora, sóbrio por dois anos, luta para retirar a sua filha Annie, astuta, porém presa em uma cadeira de rodas, das mãos de sua ex-mulher. Nesse meio tempo, Syracuse acaba por pescar algo que não é um peixe, mas uma mulher, o que causa uma reviravolta em sua vida. Seu nome é Ondine, que significa “aquela que vem com a maré”. A pequena Annie desconfia de que exista algo maior rondando Ondine, de que ela não seja apenas uma mulher comum, mas uma Selkie. Nesse meio tempo, o telespectador vem a descobrir mais sobre a lenda das Selkies, através da pequena Annie tentando descobrir se Ondine é o que ela acredita que seja.

Ondine é espetacular e junta realidade com fantasia, resultando num maravilhoso e apaixonante filme, passado nas terras verdes e místicas da Irlanda. Vale muito a pena assistir, pois é perfeito (pronto, falei).

[youtube=http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=R1yKk-hhbpc]

 

 

Sintam-se à vontade para comentar sobre os filmes, caso já tenham assistido!

Alícia

0 comment on O Mistério da Ilha (1994) e Ondine (2009)

  1. Rubik's cube (@oh_bloodyhell)
    16/01/2013 at 18:46 (5 anos ago)

    Cara, eu sou apaixonada por Ondine. Eu lembro que assisti e passei a madrugada pesquisando sobre selkies e criando paralelos na minha cabeça e histórias <33333

    • Alícia Cohim
      16/01/2013 at 18:48 (5 anos ago)

      Ondine é a melhor coisa desse mundo <3

  2. raiimendes
    11/05/2013 at 15:01 (5 anos ago)

    Dos que listou acima, só vi Ondine e gosto muito da história e dos mitos por trás do enredo. Verei O Mistério da Ilha. Parece-me igualmente encantador.

2Pingbacks & Trackbacks on O Mistério da Ilha (1994) e Ondine (2009)

  1. […] dois filmes ”bastante” conhecidos sobre Selkies. Um deles se chama O Mistério da Ilha  e o […]

  2. […] filme traz pra gente aquela história das selkies que vocês já leram aqui e aqui. Conta a história de uma pequena família que mora num farol lá para aquelas bandas verdes e […]