A noite antes do Natal (Twas the night before Christmas), de Clement Clarke Moore

[ATUALIZADO]

Twas the night before Christmas, também conhecido como A visit from St. Nicholas, é um poema de 1822, escrito por Clement Clarke Moore, que com essa história popularizou muitas características do Papai Noel que conhecemos hoje – dentre elas o fato de ele entrar pela chaminé. No original, o texto é cheio de arcaísmos e algumas expressões bem próprias da língua, então me custou um pouco traduzi-lo (livremente), mas espero que gostem.

“Era uma noite antes do Natal, quando por toda a casa
Nenhuma criatura estava se mexendo, nem mesmo um rato.
As meias foram penduradas na chaminé com cuidado,
Na esperança de que Papai Noel logo estaria ali.

As crianças foram aninhadas confortavelmente em suas camas,
Enquanto visões de sugar-plums* dançavam em suas cabeças.
E mamãe em seu lenço, e eu em meu chapéu,
Tínhamos acabado de acomodar nossas mentes para um longo cochilo de inverno.

Quando no gramado surgiu como um ruído,
Saltei da cama para ver o que estava acontecendo.
Para fora da janela eu voei como um flash,
Abri as persianas e soltei o caixilho.

A lua sobre a neve recém-caída
Deu o brilho de meio dia para os objetos lá embaixo.
Quando, aos meus olhos apareceram,
Uma miniatura de trenó, e oito pequenas renas

Com um pequeno e velho motorista, tão animado e rápido,
Eu soube em um instante que aquele devia ser Papai Noel.
Mais rápido do que águias, seus corcéis vieram,
E ele assobiou e gritou, e os chamou pelo nome!

Agora, Corredora! Agora, Dançarina! Agora, Empinadora e Raposa!
Adiante, Cometa! Adiante, Cupido! Adiante, Trovão e Relâmpago!
Para o topo da varanda! Para o topo do muro!
Agora corram! Corram! Corram todas!

Como folhas secas que antes do furacão selvagem voam,
Quando elas encontraram um obstáculo, cavalgando para o céu.
Então para o topo da casa os corcéis voaram,
Com o trenó cheio de brinquedos, e Papai Noel também.

E então, em um piscar de olhos, ouvi no telhado
O empinar e as patadas de cada pequeno casco.
Como eu desenhei em minha mente, e estava se virando,
Papai Noel desceu a chaminé num pulo.

Ele estava todo vestido em peles, da cabeça aos pés,
E suas roupas era manchadas de cinzas e fuligem.
Um pacote de brinquedos ele atirou em suas costas,
E ele parecia um mascate, abrindo sua bolsa.

Seus olhos – como eles brilhavam! Suas covinhas, que alegres!
Suas bochechas eram como rosas, seu nariz, como uma cereja!
Sua pequena boca era como um arco,
E a barba de seu queixo era branca como a neve.

O toco de um cachimbo ele segurava firme em seus dentes,
E a fumaça que envolvia sua cabeça como uma coroa de flores.
Ele tinha o rosto largo e a barriga um pouco redonda,
A qual balançava quando ele ria, como uma tigela de geleia!

Ele era gordinho e roliço, um velho elfo alegre,
E eu ri quando o vi, mesmo sem querer!
Um piscar de olhos e um aceno com a cabeça,
Logo ele me deixou saber que não havia nada a temer.

Ele não falou palavra alguma, mas foi direto ao seu trabalho,
E encheu todas as meias, então se virou com um empurrão.
E colocando o dedo ao lado do nariz,
E dando um aceno com a cabeça, até a chaminé ele foi!

Ele pulou-se até seu trenó, para a sua equipe ele assobiou,
E para longe eles voaram como o baixo de um cardo.
Mas eu o ouvi exclamar, antes de dirigir para fora de vista,
“Feliz Natal para todos, e a todos uma boa noite!”

*sugar-plum é uma espécie de confeito, feito de frutas secas, mel, sementes e amêndoas, coberto por açúcar confeiteiro e moldado em uma pequena forma circular ou oval [obrigada à Gabi por ter dado algumas informações adicionais sobre sugar-plums e sobre a tradução]

Emily

0 comment on A noite antes do Natal (Twas the night before Christmas), de Clement Clarke Moore

  1. gabi
    17/12/2012 at 09:06 (5 anos ago)

    Sua tradução está uma lindeza! Acho que não conhecia ‘Twas’ mas achei uma abreviatura muito fofa! 🙂
    Sugar-plums são feitos com ameixa seca, figo seco, pêssego seco ou cerejas secas + mel, sementes e amêndoas… Daí mistura-se tudo e coloca açúcar confeiteiro.
    Não é exatamente um doce que eu acho se muito querido por qualquer pessoa, mas é um típico doce de Natal <3 … Ele também aparece na histórias do Quebra Nozes só que nomeando uma fada , a 'Sugar-Plum Fairy'… Acho que isso faz com que seja um doce encantado. Mas não quer dizer que eu goste dele por esse motivo :'( . Acho muito açucarado pra um doce só.

    Acho que ali, quando dizes 'um toco de tubo' deve ser um toco de cachimbo; Se o que estiver no original for 'stump of a pipe' ..Mas isso me deixou realmente brava com Papai Noel :(!!! Como ele pode procurar caximbos com essa idade !! A "causas morte"dele vai estar algo associado a isso e mal cuidado com a respiração pelo frio intenso :~. certeza!

    Adorei o poema! <3

    • Emily Libanio
      17/12/2012 at 13:28 (5 anos ago)

      Ah, muito obrigada, Gabi!
      Também não conhecia “twas”, acho que vou começar a usa-la. Humm, vou adicionar suas observações sobre sugar-plums ao post… e é mesmo! Nem me lembrava da Sugar-Plum Fairy.
      E eu fui ali dar uma olhada e realmente, o Papai Noel estava fumando cachimbo! Que coisa feia, Mamãe Noel devia dar um jeito nisso…

    • Sra Michaelis
      10/01/2017 at 06:48 (8 meses ago)

      Adorei seu comentário, parece uma fadinha encantada escrevendo.. rsrsrs <3

  2. Suelen Nunes
    25/12/2014 at 17:43 (3 anos ago)

    Olá, Muito obrigada por fazer a tradução desse lindo poema, estava assistindo a uma série antiga , da qual eu adorava chamada The Pretender, quando no episódio de Natal fizeram a leitura desse poema, achei tão lindo que procurei o nome em inglês, mas não conseguia achar a tradução, até que entrei aqui. Muito obrigada pela tradução, e parabéns pelo esforço.

    • Emily Libanio
      26/12/2014 at 00:18 (3 anos ago)

      Oi Suelen, que felicidade saber que gostou do poema! Eu que agradeço pela visita ao nosso blog! Bjs

  3. Daiana Almeida
    05/09/2015 at 19:46 (2 anos ago)

    Só uma correção: durante anos, ninguém sabia a identidade do escritor, até que um professor chamado Clement Clarke Moore assumiu o crédito em 1844. No entanto, séculos mais tarde, alguns historiadores começaram a questionar a autoria do poema, apresentando provas convincentes de que o verdadeiro autor teria sido um agricultor chamado Henry Livingston Jr., que já havia morrido. Em 7 de dezembro de 2014, um júri composto por dois homens e quatro mulheres decidiu que Henry Livingston Jr. foi o autor provável dos “Twas the Night Before Christmas.
    Ajeitando a parte do autor do poema, vai ficar perfeito.

    • Emily Macedo
      04/12/2015 at 22:28 (2 anos ago)

      Daiana, que legal essa informação! Muito obrigada!
      Você tem alguma fonte dela, pra colocarmos?

  4. Sra Michaelis
    10/01/2017 at 06:51 (8 meses ago)

    Adorei o poema, amo tudo que fala sobre coisas encantadas, pois encantam minha mente e me vem imagens tao lindas e magicas… ah! <3 <3

    • Emily Macedo
      16/01/2017 at 23:49 (7 meses ago)

      Fico muito feliz que você tenha gostado do poema! Ele é realmente encantado 🙂